Tributária

Usuários do Nota Legal descobrem fraudes na indicação de créditos

WESLEY OLIVEIRA
Usuários do Nota Legal descobrem fraudes na indicação de créditosPelo menos 263 pessoas perceberam indicações indevidas em suas contas do programa; GDF alega que sistema é seguro

A Delegacia Especial de Repressão a Crimes Cibernéticos (DRCC) do DF investiga 263 casos de supostas fraudes no sistema de indicação de créditos do programa Nota Legal. Em um dos casos, a vítima procurou a polícia quando percebeu um desvio de R$ 800 de sua conta no programa. A quantia teria sido usada para pagar o IPVA do carro de uma outra pessoa, supostamente desconhecida da vítima.De acordo com a Secretaria de Fazenda, responsável pelo programa, o fraudador conseguiu dados dos contribuintes, alterou as senhas, acessou contas do Nota Legal e passou os créditos para outras pessoas. A pasta, no entanto, nega que o site passa por vulnerabilidade ou ataque de hackers.

“Não foram registrados nenhuma invasão no sistema do programa, e nesse primeiro momento, descartamos qualquer envolvimento de nossos servidores devido à própria sistemática de segurança do Nota Legal. O sistema identifica prontamente os logins e matrículas de usuários a cada acesso aos dados do programa”, reforçou a secretaria.

Polícia suspeita que fraudador usou dados dos contribuintes para fazer indicações de IPVA e IPTU

A pasta afirmou que os usuários não serão prejudicados e que o “furto” não foi concretizado. Destacou que tão logo a Polícia Civil conclua o inquérito investigativo, os valores serão creditados novamente e o beneficiário poderá usar em compensações futuras.

Prazos

O prazo para os contribuintes pedirem o abatimento dos créditos acumulados do Nota Legal no IPTU ou no IPVA vai até a próxima quarta (31). O contribuinte deve indicar no site do programa em qual dos dois impostos deseja usar os créditos para desconto.

Para utilização do benefício, o consumidor deve ser cadastrado no site do governo e pedir a inclusão do CPF nas compras que realizar. O cronograma para informar a conta bancária para o depósito ainda será definido pelo GDF.

Em 2017, 375 mil contribuintes pediram os descontos, o que resultou em R$ 66 milhões em indicações. Desse total, R$ 51 milhões foram direcionados ao abatimento de IPVA, e R$ 15 milhões, ao de IPTU. Em números absolutos, esse total representa deduções em 256 mil veículos em 71 mil imóveis da capital.

Ultima-Hora – Destak Jornal

Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado