Tributária

Duty free: saiba como comprar produtos sem impostos

O duty free é responsável pela venda de produtos com redução ou até mesmo isenção total de impostos, mas nem todos podem comprar; confira É recomendado fazer a compra de cosméticos no duty free, como perfumes e maquiagens

iStock

É recomendado fazer a compra de cosméticos no duty free, como perfumes e maquiagens

Os impostos são os grandes responsáveis pelo encarecimento dos produtos no Brasil. Uma das principais opções para reduzir o impacto causado pela aplicação de tributos são as lojas duty free, também conhecidas como free shop.

Estas lojas são responsáveis por vender produtos com redução ou até mesmo isenção total de impostos. No Brasil, o duty free é instalado em aeroportos, na parte interna das salas de embarque e desembarque.

A instalação do free shop nos aeroportos acontece justamente porque não é todo mundo que pode utilizá-los. Quem tem direito a fazer compras nestes locais são apenas as pessoas que estão saindo ou chegando do exterior. Portanto, não é possível se locomover até algum aeroporto apenas para comprar nestas lojas.

Quanto é possível gastar

Existe um limite para os gastos neste modelo de lojas. O valor máximo permitido para quem chega ao Brasil é de US$ 500 – montante referente às compras realizadas no free shop de desembarque, sem levar em consideração os produtos adquiridos ao longo da viagem.

Além do limite de preços, também há restrição relativa às unidades dos produtos adquiridos. Tendo como exemplo as bebidas alcoólicas, que estão entre os produtos mais encontrados nessas lojas, é possível adquirir, no máximo, 24 garrafas, sendo que existe o limite de 12 unidades para cada categoria (12 garragas de whisky e 12 de vinho, por exemplo).

O que é necessário apresentar

Para ter acesso ao free shop nos aeroportos , é preciso apresentar alguns documentos. Em caso de viagens na América Latina, é necessário mostrar no caixa o cartão de embarque e a carteira de identidade. Caso a viagem seja para fora do continente, além do cartão de embarque, será preciso mostrar o passaporte.

Os melhores produtos para comprar

As lojas do free shop vendem uma série de produtos diferentes, mas alguns não compensam tanto quanto outros. Os mais recomendados para compra são cosméticos, como perfumes e maquiagens. Nestes casos, a variedade é muito grande e os preços realmente são muito reduzidos se comparados aos praticados em lojas comuns.

Itens como roupas e acessórios costumam não oferecer tantos benefícios. Em geral, as lojas comuns destes tipos de produtos são mais baratas do que as duty free e oferecem variedade muito parecida.

Moeda de pagamento

A moeda que você vai utilizar para pagar as suas compras pode variar em cada free shop espalhado pelo mundo. Apesar disso, uma coisa é certeza: você sempre poderá pagar usando dólares ou a moeda local. No caso do aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, é possível fazer compras com uma grande variedade de moedas. Lá o consumidor pode comprar com Real, Dólar Americano, Euro, Libra Esterlina, Franco Suíço, Dólar Canadense e Iene Japonês.

É importante lembrar, ao fazer suas compras, que pagamentos em moedas estrangeiras por meio de um cartão de crédito vão resultar na aplicação da taxa IOF sobre o preço dos produtos, no valor de 6,38%. Também é possível utilzar os traveler’s checks, caso você não queira pagar em dinheiro vivo ou utilizar o cartão.

Embarque com as compras

Uma dúvida que deixa muitos passageiros aflitos é se poderão entrar com as compras do free shop em seus respectivos voos. Fique tranquilo: você não vai perder seus queridos pertences ao embarcar para seu destino.

Se você está no duty free, isso significa que já despachou suas malas e a próxima etapa é entrar no avião. Todos os produtos que você compra nas lojas estão liberados para entrar junto com o passageiro no voo, mesmo que sejam bebidas, comida ou perfumes. Existe um limite de 100ml para líquidos, mas isso vale apenas para o que você traz de fora das áreas de embarque ou desembarque, portanto, não afeta o que foi comprado no free shop.

Todos os itens adquiridos no free shop serão lacrados. Você não pode abrir as sacolas até deixar o aeroporto, então, tome cuidado para não ter nenhum problema com isso. Tente deixar para comprar produtos frágeis ou difíceis de transportar para a volta, como, por exemplo, as garrafas. Dessa forma, você evita se atrapalhar no momento de desembarcar do avião e praticar algumas das atividades necessárias, como pegar sua bagagem que passa pela esteira ou se locomover até o hotel em que ficará hospedado.

Reserva de produtos

Os consumidores de lojas duty free têm a possibilidade de fazer a reserva dos produtos que deseja adquirir sem pagar nenhum valor extra por isso. Para que seja possível, no entanto, é exigido que a pessoa tenha um voo marcado e que o embarque ou o desembarque seja em algum destino internacional. No Brasil, estes voos devem ser previstos para os aeroportos de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Florianópolis, Porto Alegre, Brasília, Natal, Recife, Fortaleza e Campinas.

O principal benefício de se fazer a reserva dos itens desejados é a garantia de que você terá o produto desejado te esperando quando chegar ao local. Além disso, o consumidor também consegue economizar tempo com este processo.

Esta garantia é muito importante, principalmente quando se trata de alta temporada, pois os estoques dos free shops costumam acabar muito rápido, o que faz com que muitas pessoas não encontrem os produtos que desejam quando chegam ao local.

A economia de tempo acontece porque, além de não precisar perder tempo procurando o que desjea, o consumidor que faz a reserva de um produto tem atendimento preferencial. Isso evita que você desperdice minutos ou até mesmo horas na fila do caixa. Para conseguir este benefício, você só precisa apresentar sua passagem aérea e o documento que for informado durante o pedido de seus itens.

Para reservar um produto, no entanto, é importante ficar atento a alguns pontos exigidos pelas lojas. Pelo site, o consumidor precisa demonstrar interesse no produto com, no mínimo, três dias úteis de antecedência à retirada. O período máximo para assegurar a reserva é de 35 dias que antecedem sua visita à loja duty free.

Caso você prefira fazer a reserva dos produtos pelo telefone ou até mesmo por meio do atendimento online, o tempo mínimo é reduzido para até 24 horas antes da retirada do bem material. Isso também vale para as reservas feitas diretamente nas lojas físicas. O tempo máximo, nestes casos, continua sendo de 35 dias. Para concluir o processo, será necessário dar detalhes como o aeroporto, a data da sua viagem, a companhia aérea e o número do voo, além de telefone e e-mail para contato.

Depois de feita a reserva, o cliente deve receber uma confirmação de que os produtos escolhidos estão disponíveis para retirada. As regras dos free shop dizem que cada passageiro pode fazer apenas uma solicitação de reserva por voo. O pagamento será feito apenas no momento do resgate do item comprado.

Caso você deseje alterar sua reserva, você precisa entrar em contato com a loja, por meio do telefone ou do chat, com uma atecedência mínima de três dias úteis à data previamente estipulada para retirada

Diferenças em cada país

É possível preços diferentes em cada duty free espalhado pelo mundo. Além disso, cada local tem as particularidades de sua região, permitindo que o passageiro encontre muitas variedades no que diz respeito aos produtos vendidos nas lojas.

Uma dica legal é ficar atento às diferenças nos free shops dos próprios aeroportos. Normalmente, as lojas que ficam na área de embarque costumam ser mais completas do que aquelas desitnadas ao público que está desembarcando. Lembre-se, no entanto, que existem algumas exceções, como é o caso dos aeroportos de São Paulo e Rio de Janeiro.

A melhor opção para ter uma boa experiência comprando no free shop é adquirir os produtos na hora embarcar em um país do exterior para voltar ao Brasil. Isso permitirá que você encontre mais variedade e não passe pela situação embaraçosa de acabar comprometendo o orçamento planejado para aquela viagem. Com isso, você aproveita apenas o dinheiro que sobrou para comprar os produtos que mais deseja e facilita o carregamento de sacolas, pois já estará voltando para seu país de origem.

Existem alguns free shops internacionais que são conhecidos por apresentarem as melhores opções em relação aos preços e variedades de produtos. Entre os destinos mais conhecidos estão Londres, no Aeroporto de Heathrow, Dubai, no Aeroporto de Suvarnabhumi e Amsterdam, no Aeroporto de Schiphol.

Economia

Depois de tudo isso, fica a dúvida se realmente vale a pena comprar em um duty free no que diz respeito à economia. Em grande parte dos casos, a resposta é positiva. Devido à isenção de impostos, os produtos importados são vendidos em seus preços originais, o que acaba compensando muito em algumas situações.

Existem determinas situações, como costuma acontecer com as marcas de maquiagem, por exemplo, em que os preços são tabelados, o que faz com que o free shop não ofereça muitas vantagens ao consumidor . Nestes casos, a vantagem está na possibilidade de encontrar produtos que são de difícil acesso nos centros comerciais do Brasil.

Além disso, os clientes ainda podem conseguir descontos exclusivos no momento de fazer a reserva dos produtos, pois alguns itens selecionados são vendidos a preços especiais. Por isso, é importante planejar antes e pensar nos produtos que deseja, pois eles podem estar na lista de desconto do duty free. A reserva também assegura que você pagará o preço promocional mesmo que o desconto já tenha acabado no dia da retirada.

Brasil Econômico

Veja o que você pode comprar em um free shop:

Os perfumes estão entre os produtos preferidos dos compradores de free shop. Foto: Reprodução   Muitas pessoas costumam aproveitar a redução de impostos para comprar smartphones, como iPhone 7. Foto: Divulgação   Você também pode encontrar acessórios para o seu smartphone, como o Apple Watch. Foto: Divulgação   Chocolates importados também estão entre as preferências dos clientes de duty free. Foto: Divulgação   O whiskey Red Label está entre os produtos mais procurados do free shop. Foto: Reprodução/Youtube

Os perfumes estão entre os produtos preferidos dos compradores de free shop. Foto: Reprodução
1/5

Duty free: saiba como comprar produtos sem impostos – Economia – iG

Print Friendly, PDF & Email
Americanas

Comentário fechado