Corporativa

Filial pode ser obrigada a veicular contrapropaganda determinada em condenação imposta à matriz

​O redirecionamento da condenação pela prática de propaganda enganosa, da matriz para a filial, é medida possível, pois, ainda que possuam CNPJs diferentes e autonomia administrativa e operacional, as filiais são um desdobramento da matriz, integrando a pessoa jurídica como um todo. Esse foi o entendimento da Terceira Turma do

Este conteúdo é restrito a assinantes registrados. Se você já é um usuário registrado, faça o login. Novos usuários podem se registrar abaixo.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
Americanas

Comentário fechado