Tributária

Covid tira impasses tributários da pauta do STF

De seis processos que envolvem R$ 577 bi, cinco saíram da agenda do primeiro semestre no Supremo

Por Luísa Martins — De Brasília

A pandemia de coronavírus no país alterou os planos do Supremo Tribunal Federal (STF) de pôr fim a impasses tributários que poderiam impactar as contas da União em cerca de R$ 577,3 bilhões pelos próximos cinco anos. Dos seis processos de interesse do Ministério da Economia que haviam sido incluídos na pauta do primeiro semestre, cinco foram retirados, sem previsão de nova data. O . . .

Este conteúdo é restrito a assinantes.

Por favor, faça seu login.

Não é assinante? Faça agora sua assinatura!

Americanas