Tributária

As dez empresas com maiores débitos devem juntas R$ 26,1 bilhões, relativos a tributos não pagos em São Paulo

Em entrevista para a Folha de S.Paulo, Leandro Ferro fala sobre as dívidas tributárias de empresas com o Fisco paulista

Segundo levantamento do Sinafresp, que também repercutiu em outras mídias, dez empresas devem juntas R$ 26,1 bilhões de impostos

Em entrevista concedida à Folha de S.Paulo, o diretor de Comunicação e Eventos do Sinafresp, Leandro Ferro, falou a respeito de levantamento do sindicato sobre as dívidas tributárias de empresas com o Fisco paulista.

Publicada na edição impressa do jornal desta quarta-feira (4), a matéria também foi reproduzida no site do periódico, além de ter repercutido em outras mídias, como Yahoo, Jornal da Cidade de Bauru e Folha de Londrina.

Na pesquisa, o Sinafresp aponta que as dez empresas com maiores débitos devem juntas R$ 26,1 bilhões, relativos a tributos não pagos. Apenas o débito da primeira colocada, de R$ 4 bilhões, é superior ao orçamento de cinco secretarias.

O levantamento ainda mostra que, em setembro, a dívida ativa do estado aumentou 26,5% – R$ 56,6 milhões (mês) e R$ 452,9 milhões (acumulado 2020). No mês, São Paulo foi o quarto estado com aumento de dívida ativa em comparação ao ano anterior, perdendo para Mato Grosso do Sul (260%), Rondônia (101,64%) e Paraíba (39,58%).

Sobre o tema, Leandro Ferro comentou que a inadimplência se tornou um negócio no estado de São Paulo, citando o Programa Especial de Parcelamento (PEP) do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Confira a matéria divulgada no portal de notícias do jornal Folha de S.Paulo

Fonte: Em entrevista para a Folha de S.Paulo, Leandro Ferro fala sobre as dívidas tributárias de empresas com o Fisco paulista – SINAFRESP

Print Friendly, PDF & Email

Comentário fechado