Tributária

Não haverá dia útil na cidade de SP entre 26 de março e 4 de abril

O Prefeito Bruno Covas vai antecipar cinco feriados municipais para tentar melhorar os índices de isolamento social na capital paulista. Com a medida, a cidade terá dez dias seguidos, a partir de 26 de março, sem dias úteis, já que haverá emenda com o feriado nacional de 2 de abril (Paixão de Cristo).

Veja como ficam os feriados:

– 26/03  (feriado)

– 27/03  (sábado)

– 28/03  (domingo)

– 29/03  (feriado)

– 30/03  (feriado)

– 31/03  (feriado)

– 1/04   (feriado)

– 2/04   (Paixão de Cristo)

– 3/04   (sábado)

– 4/04   (domingo)

Os feriados foram antecipados para os dias 26, 29, 30 e 31 de março, além de primeiro de abril. Duas dessas datas foram antecipações de feriados municipais que aconteceriam este ano e outras três, em 2022.

Também foi anunciado pelo prefeito um novo período para o rodízio na cidade de São Paulo, das 20h até 5h, a partir da segunda-feira (22), alinhado com o toque de recolher determinado pelo governo do estado. Os dias para as placas proibidas não serão alterados.

A medida deve durar duas semanas. Nesse período, os horários habituais do rodízio, entre 7h e 10h e das 17h às 20h, serão liberados para a circulação dos veículos.

Segundo o prefeito, a capital está com taxa de ocupação de 88% dos seus leitos de UTI e a fila para vagas é de 475 pessoas.

“Estamos com 88% de ocupação dos leitos de UTI. Infelizmente, tivemos o primeiro caso, que aconteceu na zona leste da cidade de São Paulo, de uma pessoa falecer sem conseguir atendimento na cidade. A gente vê colapsando o sistema de saúde”, disse Covas em coletiva no início da tarde desta quinta-feira, 18/03.

Fonte: Não haverá dia útil na cidade de SP entre 26 de março e 4 de abril

Print Friendly, PDF & Email

Comentário fechado